Skip to content

Review de Mouse Guard RPG: O rpg que bateu a 4e

30/06/2009
tags: , ,

Como pode ser visto aqui, no Origins Awards desse ano um rpg pouco conhecido venceu a 4e como melhor rpg do ano.
Chamado Mouse Guard RPG (e não ‘Mouseguard’), o livro é uma adaptação pra rpgs de uma série em quadrinhos de mesmo nome.
Tive chance de ler alguma coisa da série e pareceu divertida (apesar de não o suficiente pra me fazer correr atrás).
Lembrei que no Gnome Stew tinham feito uma resenha sobre o jogo falando muito bem dele. Chegou a dar vontade de comprar depois de ler.
Pra quem quiser ler o review (e como gosto de dar crédito a quem produz algo legal), está aqui.
Depois desse prêmio à vontade de comprar aumentou.

Nota: Por favor, sem comentários negativos sobre a 4e. Se sobra tempo pra ficar falando mal de algum sistema, aproveita esse tempo com coisas mais úteis. Como ir jogar rpg.

About these ads
4 Comentários leave one →
  1. Gabriel permalink
    30/06/2009 11:36 pm

    Não é que 4e seja ruim não. É por que Mouse Guard RPG e muitos outros RPGs alternativos e independentes são bons mesmo! Ver: Spirit of the Century, Don´t Rest Your Head, Primetime Adventures, Shock:Social Science Fiction, Grey Ranks, Steal Away Jordan, Polaris etc…

    • poneiriders permalink*
      01/07/2009 1:28 am

      Uhum. Pena que a gente provavelmente nunca vai ver metade deles por aqui.

      • Marcos Bolton permalink
        05/08/2009 9:54 pm

        Eu mesmo jogo Spirit of the Century, Don’t Rest, Primetime e Polaris (este ultimo deve ser muito maneiro de jogar em inglês).

        E outra coisa não ver metade deles aqui? Talvez não em português, mas várias lojas trazem material importado ou encomendam pra quem quiser. Fora que você pode comprar pela internet (eu mesmo compro pelo Ebay). É só correr atrás.

        Eu pelo menos acho melhor do que as pessoas que ficam chorando que não sai em português, em vez de perder tempo podiam aprender logo a maldita lingua.

  2. cesar/kimble permalink*
    05/08/2009 10:46 pm

    Marcos, eu sei inglês. Atualmente nas minhas duas campanhas a gente usa material importado e eu tenho uma pilha de livros em inglês. Quase todos importados através de sites estrangeiros ou comprados em viagens no exterior.
    A reclamação não é porque eu não possa comprar/ler os livros, porque isso eu posso. A reclamação é que é uma pena que só quem conhece inglês e tem possibilidade de comprar os livros lá fora, vai poder jogar esses sistemas. Enquanto isso, quem só sabe português fica sempre preso aos mesmos sistemas (D&D, Gurps e Storyteller durante anos, atualmente D&D, sistemas baseados em d20 e Storyteller). E isso é uma pena.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: