Skip to content

Bagunça: Pode ou não pode traduzir material

12/08/2009

Eu não ia publicar a resposta do e-mail abaixo até conseguir mais informações, mas como a Área Cinza se referiu pra cá quanto ao assunto acho que a atitude correta da minha parte é deixar tudo claro pra evitar confusões.

Voltei a perguntar ao Otávio (responsável pela 4e no Brasil) sobre a questão de material gratuito da Wizards que era traduzido por alguns sites. Minha pergunta inicial tinha sido respondido de forma negativa (ou seja, eu não poderia disponibilizar material mesmo que fosse gratuito), mas então resolvi mandar outro e-mail onde apontava que alguns sites mantinham essa prática e afirmavam ter recebido liberação da Devir pra isso.

O Otávio (prestativo como sempre) prometeu que ia verificar isso tudo assim que terminasse o trabalho com o Livro do Mestre. Hoje ele me mandou uma resposta:

“Oi César,

Independente daquela conversa, parece que a nova política de fansite da Wizards permite a reprodução de conteúdo gratuito disponibilizado no site da Wizards, portanto, as coisas mudaram.

Eu preciso dar uma lida melhor nisso, mas parece que essa é a nova política.

Otávio A. Gonçalves
Devir Livraria
Editor da 4ª Edição de Dungeons & Dragons no Brasil”

Ou seja, segundo ele agora a nova política permite isso. Eu achei estranho. Não sou advogado mas a leitura que fiz da licença parecia indicar o contrário.

Falha minha em não ter colocado isso no ar logo que recebi. Como disse, eu ia pesquisar mais sobre a situação antes de fazer isso. Resolvi colocar agora porque no Área Cinza houve uma referência ao assunto e não quero que mais tarde alguém saiba que já tive uma resposta contrária a afirmação inicial e surjam suposições que estava escondendo informação para atingir ou provocar alguém (já que algo que sobra no universo do rpg nacional é paranóia e intriga).

Resumindo: erro meu em ter demorado, o Rocha (Área Cinza) não tem culpa na situação e não estou tentando fazer intriga/manipulação/preencher-uma-vida-vazia-com-intrigas-tolas.

Até porque minha vida vai muito bem, obrigado.

3 Comentários leave one →
  1. 13/08/2009 3:55 am

    Muito bom o esclarecimento…. As dúvidas sobre a utilização de material original (ou não) e a questão de direitos autorais ainda é muito pouco abordada no trato de midia digital.

  2. 13/08/2009 4:55 am

    Cara, estranho, nas minhas lidas eu tbm achei que não se podia traduzir material diponibilizado pel Wizards justamente por causa da reprodução e dos mirrors, mas se o Otávio que é editora disse que pode, quem sou eu para afirmar o contrário?

  3. Rocha permalink
    13/08/2009 2:31 pm

    Ei Kimble, valeu pelo esclarecimento cara, aproveitei e corrigi meu post original! Assim como o Shingo (e você) eu também li nas entrelinhas da seguinte cláusula que as traduções seriam uma forma de disponibilizar conteúdo gratuito do site da WotC:

    “You may not make content from the Wizards website (audio-visual materials excluded) available through your own site if such use entails Wizards hosting such content for you on Wizards’ website. For example, you may not make available on a Fan Site any content from Wizards’ Web site in a frame, mirror, Iframe, widget, nor may you link directly to a wallpaper file hosted on Wizards’ website.”

    Enfim, o trecho acima é tudo menos claro, e relendo com mais calma os termos do Fan Site Kit, percebi que horas nenhuma eles falam nada sobre traduções. Na real nem sei se eles pensaram sobre isso antes do Otávio (e outros editores de D&D de fora dos EUA) perguntarem…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: