Skip to content

Iniciativa M&M: Scion, quarta parte

26/09/2009

PesedjetE nesta quarta parte vou adaptar o panteão egípcio, conhecido como Pesedjet.

O Pesedjet é o mais antigo dos panteões atuais, tendo surgido 7.000 anos no vale do rio Nilo. O panteão valoriza o ma´at, o conceito de justiça, verdade, equilíbrio e moralidade segundo a ordem social. Segundo esse conceito, cada pessoa deve saber sua posição na sociedade e cada posto deve ser ocupado pelo indivíduo correto. Esse equilíbrio se manifesta através de práticas públicas corretas e na realização dos rituais necessários, o que traz a harmonia com o universo e a prosperidade.

A prática do ma´at permite que cada pessoa saiba seu papel na sociedade e traga prosperidade à sua vida. Ela fortalece a convicção dos praticantes, permitindo que eles compreendam que bem e mal são conceitos ilusórios e tudo que importa é a manutenção do equilíbrio e a fé nos deuses do panteão. Isso torna o Pesedjet um panteão coeso e capaz de resistir a depredação do caos e do tempo.

Em contrapartida, os deuses do Pesedjet são acusados de serem reacionários e se concentrarem demais na manutenção do equilíbrio e do status quo, sendo incapazes de se adaptar a mudanças. Eles preferem as soluções que gerem o mínimo de alteração no mundo, mesmo quando elas não são ideais.

Anubis

O juiz do mundo dos mortos, Anubis possui o corpo de um homem e a cabeça de um chacal. Dono de um senso de humor negro, uma atitude urbana, sofisticada e inconstante, ele é o deus dos profissionais que lidam com os mortos (legistas, taxidermistas, embalsamadores, etc.).

No nosso mundo Anubis já foi um juiz, um advogado e um guarda-costas. Ele sempre mantém o humor inconstante. Sua lealdade é perfeita enquanto num desses papéis, entretanto ele assume e abandona identidades com uma frequência difícil de acompanhar.

Os Scions de Anubis são tão dedicados e inconstantes quanto seu pai. Como Anubis, eles possuem uma Sabedoria elevada e facilidade em avaliar o caráter dos outros (Intuir Intenção elevado). Muitos acabam por demonstrar genialidade em profissões que lidam com os mortos (muitas graduações em Medicina, Conhecimento: Ciências biológicas ou Conhecimento: Arcano). Eles desenvolvem poderes relacionados a capacidade de seu pai em lidar com os mortos (Invocar Capangas, Desintegração, Drenar, etc.), a proteção dos vivos (Campo de Força, Proteção, etc.) e descobrir a verdade (PES, Leitura Mental, etc.). Também é comum que desenvolvam uma habilidade sobrenatural de lidar com chacais (Controlar Animais, Imitação de Animais e Metamorfose, todos limitados a chacais).

Atum-Re

O criador e deus sol, aquele que atravessa o céu no seu barco solar. Atum-Re é o deus da magia no panteão, aquele que era intocado e superior até ter seu verdadeiro nome roubado por Isis e colocado no mesmo nível dos outros deuses. Ele ainda mantém o ar superior, reservado e cauteloso. Na verdade a máscara de desinteresse é só uma maneira de esconder sua raiva e desprezo pelos outros deuses do panteão por roubarem parte de seu poder.

No nosso mundo ele usa uma forma muito similar a sua forma divina. Ele é um homem alto, magro, com dedos longos, pele escura e cabelos crespos. Ele já foi um negociador de arte, um diplomata, um religioso e um executivo de empresas que lidam com energia solar. Ele sempre mantém uma personalidade forte e incisiva, algo que contrasta com sua personalidade quando agindo com os outros deuses do panteão.

Os filhos de Atum-Re herdam a personalidade forte que seu pai demonstra em nosso mundo. Ele são objetivos, pensadores e observadores. Eles herdam o Carisma e Sabedoria elevados do pai. Muitos se tornam artistas (Ofício: Arte e Performance elevados) ou políticos (Diplomacia e Blefar elevados). Eles demonstram poderes relacionados ao sol (Controle de Luz, Ilusão, Raio, etc.) e sentidos sobrenaturais (PES, Super-Sentidos, etc.). Muitos também desenvolvem habilidades ligadas à falcões, os animais associados ao seu pai (Controle de Animais e Metamorfose limitados a falcões, Invocar Capangas, etc.).

Bastet

Bastet é a rainha dos felinos e das profecias. A guardião do Livro de Thoth, o objeto que controla forças poderosas como o tempo-espaço e o ciclo de vida, morte e renascimento.

Na sua forma natural Bastet tem o corpo de uma linda e graciosa mulher e a cabeça de um gato. No nosso mundo Bastet assume a forma de mulheres sedutoras. Ela já foi uma dançarina do ventre, uma dona de bordel e uma espiã em Paris.

Seus Scions são os mais revolucionários e exploradores entre todos os Scions do panteão, característica herdada de sua mãe. Eles são atraentes, ágeis e instintivos (Carisma, Destreza e Sabedoria elevados). Habilidades atléticas e ladinas são comuns (Acrobacia, Escalar, Furtividade, Procurar e Sobrevivência). Eles manipulam aspectos relacionados à luz e escuridão com facilidade (Controle de Luz, Controle de Escuridão, Invisibilidade, Obscurecer, Raio, etc.) e aprendem algumas linhas do Livro de Thoth através de sua mãe ou seus servos (Controle Espacial, Controle Temporal, Controle de Sorte, Velocidade, etc.). Sendo os felinos os animais relacionados a sua mãe, poderes ligados a esses animais também são comuns (Controle de Animais, Imitação de Animais, Metamorfose, etc.).

Geb

O deus da Terra, pai de Osíris e Set e ex-esposo de Nut, a Titã da Noite. Geb foi um dos maiores críticos à guerra contra os Titãs, mas escolheu se manter com seu panteão após o início do conflito devido a sua crença no ma´at. Geb ainda se sente dividido entre o dever para com o panteão e seu amor pela Titã, viajando constantemente ao nosso mundo à procura de mulheres que o lembrem de Nut.

No nosso mundo ele já foi um agrônomo, dono de fazendas orgânicas e criador de aves premiado. Ele costuma ter cabelos e pele escuros e olhos castanhos. Ao lidar com seus filhos, aparenta idade igual ou inferior à eles.

Os filhos de Geb desenvolvem a facilidade do pai em criar vida e prosperidade. O conhecimento necessário para plantar e cuidar de animais é natural para eles (várias graduações em Conhecimento: Ciências Biológicas, Lidar com Animais e Profissão). A ligação de seu pai com a terra os faz mais resistentes (Constituição elevada) e capazes de resistir melhor aos perigos naturais (Sobrevivência elevada). Plantas e animais obedecem às suas palavras (Controle de Animais, Controle de Plantas, Controle Vital, etc.) e eles tem uma ligação apurada aos gansos, animais tradicionalmente associados ao seu pai (Imitação de Animais e Metamorfose limitados a gansos, Vôo, etc.).

Horus

Filho de Osíris e Isis, o deus de corpo humano e cabeça de falcão. Um ex-faraó egípcio, ele adora contar histórias sobre sua época como imperador. Tradicionalista ao extremo, ele repudia o modo de vida atual e à forma como as coisas são feitas. Ao mesmo tempo, ele é um deus dedicado a proteção do panteão e do mundo, obsessivo nas missões e deveres que impõe a si mesmo e aos seus filhos.

No nosso mundo, ele costuma assumir a forma de um homem jovem sem um dos olhos, de pele e cabelos escuros. Ele já foi um agente da Interpol, um detetive, um policial à paisana e um caçador de recompensas.

O mesmo caráter obsessivo é herdado pelos seus Scions. Eles costumam herdar o porte físico de seu pai (Força elevada) e trabalhar como oficiais da lei formalmente, como policiais ou agentes de órgãos governamentais, ou informais, como caçadores de recompensa e detetivas particulares (Conhecimento: Educação Cívica, Desarmar Dispositivo, Intimidação, Investigar, etc.). Eles ganham habilidades sobrenaturais ligadas aos falcões (Controle de Animais e Imitação de Animais limitados à falcões, Velocidade, Vôo, etc.) e ao controle dos céus (Controle Ambiental, Controle Climático, Raio, etc.).

E aqui vai a primeira parte desse panteão. Na próxima eu coloco os seis deuses faltantes, começando com Ìsis.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: