Skip to content

Iniciativa M&M: Scion, deuses greco-romanos (parte 2)

04/10/2009

Vou tentar acelerar minha conversão de Scion. Quero tentar terminar isso até o final de outubro, então vou tentar fazer três conversões por semana (o que deve dar um panteão e meio). Vamos ver se eu consigo.

E agora vamos completar o panteão greco-romano, começando com Hades.

Hades

O deus do mundo dos mortos-vivos do panteão, Hades possui uma diferença importante em relação aos deuses que ocupam a mesma função em outros panteões. Ao contrário da maioria dos outros deuses dos mortos, ele não é uma figura solitária condenada a viver sem conhecer a felicidade. Hades é casado com Persephone, a deusa da primavera. Apesar da diferença entre os dois Hades encontrou nela alguém capaz de trazer alegria para o deus dos mortos e acalmar sua alma.

Até os pais de Persephone (Zeus e Demeter) separarem os dois. Para evitar um conflito entre os deuses, um acordo foi negociado para que Persephone passe seis meses por ano no mundo dos mortos com Hades e seis meses no mundo dos deuses com seus pais. Zeus obrigou Hades a aceitar o acordo, conseguindo assim uma forma de controlar (mesmo que somente por seis meses no ano) o deus dos mortos.

Desde então, a vida de Hades é divida em dois períodos anuais. Quando com Persephone o deus tem uma atitude positiva e bem humorada, ainda que sombria devido ao cargo que ocupa. Quando separado de sua esposa, Hades tem uma atitude raivosa e possessiva, tentando manter sobre seu controle ou recuperar tudo que considera seu. Seus Scions costumam ser gerados nas épocas em que está afastado de Persephone e suas mães possuem aparências similares à deusa.

Scions de Hades herdam o temperamento mutável do pai, muitas vezes com tendências maníaco-depressivas. Seu pai costuma utilizar deles para cobrar e recuperar posses suas que estejam no nosso mundo (sejam bens materiais, serviços ou almas). O fato de herdarem a Sabedoria elevada do pai ajuda seus filhos nesses trabalhos, assim como a facilidade que demonstram em aprender sobre ciência, leis e o sobrenatural (Conhecimentos elevados nas respectivas áreas). A necessidade ocasional de recuperar coisas por meios ilegais torna alguns deles criminosos eficientes (Computadores, Desarmar Dispositivo, Furtividade, etc.). Seus filhos costumam demonstrar habilidade de manipular a escuridão e a terra (Armadilha, Controle de Elemento: Terra, Controle de Escuridão, Invocar Capanga, etc.).

Hephaestus

O responsável por criar as armas, armaduras e outros objetos lendários dos outros deuses, Hephaestus é o deus deformado e inventor do panteão. Suas pernas não conseguem sustentar adequadamente seu peso, o que faz com que nosso mundo ele costume utilizar cadeiras de rodas. Com o tempo e os equipamentos adequados, Hephaestus é capaz de construir o equipamento necessário para qualquer trabalho.

No nosso mundo, Hephaestus já foi um professor universitário distraído, um engenheiro cujos trabalhos parecem impossíveis de serem colocados em prática e um programador que cria programas que não deveriam funcionar. Ele sempre adota uma forma similar a sua forma divina, com barba longa, corpo grande e incapaz de se locomover sem ajuda.

Seus Scions herdam a atitude pensativa e distraída de seu pai. A genialidade é um aspecto comum (Inteligência elevada) mas muitos também herdam o corpo forte e resistente de Hephaestus (Força e Constituição elevadas). Apesar de nenhum ainda ter alcançado a habilidade de criação do pai, eles são ótimos artistas, construtores e engenheiros (Ofícios e Profissão elevados). Eles demonstram a capacidade do pai em criar objetos que não deveriam funcionar (Criar Objetos, Engenhocas, etc.) e controlam com facilidade metal e fogo (Controle de Elemento, Controle Magnético, Escudo, Raio, etc.).

Hera

A rainha dos deuses, esposa de Zeus e deusa dos casamentos. Até o início da guerra com os Titãs, Hera foi conhecida como uma deusa completamente leal e fiel (dois aspectos importantes relacionados à deusa) e por isso incapaz de ter Scions que fossem seus filhos. Desde o ínicio da guerra a deusa passou a ter filhos com mortais como parte do esforço em gerar novos soldados para o panteão.

Ou pelo menos essa é sua explicação para a atitude. Alguns deuses dizem (longe dela) que isso é só uma desculpa para se vingar de Zeus, conhecido por sua infidelidade, e ao mesmo tempo manter sua imagem de superioridade. Para evitar atritos os deuses evitam falar sobre os Scions de Hera na presença de Zeus. O fato dela ocasionalmente falar abertamente sobre seus filhos na presença de seu marido, que sempre se mostra visivelmente alterado nessas situações, só reforça os boatos.

No nosso mundo Hera já foi a matriarca de uma família de políticos importantes, a esposa de um CEO e de um prefeito. Ela gosta de assumir uma aparência recatada e de alguém superior aos outros à sua volta.

Seus Scions herdam o Carisma da mãe. Sendo filhos da esposa de Zeus, eles se encontram numa situação difícil. Os outros deuses tem receio em ajudar os filhos de Hera e provocar a ira de Zeus. Além disso, se algum dia à guerra terminar e os deuses vencerem não há nada que garanta que a primeira atitude de Zeus não será destruir todos os Scions de sua esposa. Isso se ele não se enfurecer antes e destruir todos eles num momento de loucura. Para conseguir sobreviver nesse ambiente adversos, eles desenvolvem habilidades de negociação e política, tentando usar seu conhecimento sobre o mundo e as crenças no panteão como forma de provar sua utilidade e evitar sua destruição (Blefe, Conhecimento: Arcana, Educação Cívica, História, Diplomacia, etc.). Sua mãe lhes concede a habilidade de proteger seu corpo e curar seus ferimentos com facilidade (Cura, Escudo, Proteção, Regeneração, etc.) como forma de se proteger dos servos dos Titãs e o ocasional servo de Zeus que os ataque ‘por engano’. Como parte de um aspecto antigo da deusa e sua ligação com a feitiçaria, alguns deles também demonstram capacidades arcanas (Magia).

Hermes

O mensageiro dos deuses, aquele que já viu e viveu tudo e o deus dos truques e trapaças do panteão. A maioria de suas posses (físicas, mágicas ou mentais) foram roubadas de outros deuses e Titãs. Ele é tolerado pelos outros deuses devido à sua capacidade de se infiltrar mesmo nos territórios mais hostis para entregar uma mensagem e sua preferência em roubar e enganar os Titãs e suas crias em vez dos outros deuses do panteão.

Pequeno, bronzeado e com cabelos escuros, Hermes já assumiu no nosso mundo a figura de um presidente numa empresa dotcom em ascensão, um entregador numa bicicleta e diversas identidades de trapaceiros e golpistas.

Apesar de não ser inteiramente confiável, Hermes muitas vezes é utilizado como primeira forma de contato com os Scions do panteão. Devido à dificuldade em visitar nosso mundo com à guerra em andamento, o deus mensageiro é enviado pelos outros deuses para explicar aos Scions o que eles são e o que é esperado deles. Hermes não faria nada para prejudicar um Scion de seu panteão, principalmente no seu primeiro contato com eles. O que não impede que ele faça uma brincadeira ocasional.

Seus filhos herdam o mesmo humor traiçoeiro e a vontade de pregar peças. Isso está relacionado à Inteligência elevada que demonstram e não alguma simpatia natural herdada do pai. Muitos também se mostram bons atletas, como parte do aspecto de seu pai de mensageiro e criminoso (Destreza elevada). Eles demonstram um forte desejo por explorar e descobrir coisas novas (Investigar, Procurar e Sobrevivência elevados). Os que herdam o aspecto traiçoeiro do pai costumam ser bons em roubar e enganar os outros (Blefar, Desarmar Dispositivo, Furtividade, etc.). A capacidade de se mover rapidamente e de formas não naturais são comuns (Super-Movimento, Teleporte, Velocidade, Vôo, etc.). Às vezes Hermes escolhe dividir com seus filhos parte da magia que roubou de Hera, o que os permite usar de feitiçaria (Magia).

Poseidon

Poseidon foi, durante muito tempo, o deus mais feliz e satisfeito do panteão. Ele controlava um vasto domínio, os humanos dependiam dos mares para sobreviver e por isso ofereciam a ele as melhores oferendas e suas mais belas mulheres.

E então o mundo evoluiu, os mares deixaram de ser o principal meio de locomoção em grandes distâncias e seu domínio começou a ser destruído pela poluição. Isso tornou Poseidon um deus furioso e cujas idéias sobre como recuperar o mundo através da destruição da maior parte da humanidade soam perigosamente similares a alguns Titãs. Os outros deuses toleram essa atitude pois consideram que ele nunca seria capaz de realizar o que defende, mas o aumento de tsunamis e outros desastres naturais iniciados nos mares já fazem alguns deles temerem por um futuro onde Poseidon abandone o Dodekatheon.

No nosso mundo Poseidon é um homem de barba branca, começando a ficar careca, cheio de rugas e em torno dos setenta anos. Ele já foi um agente da alfândega, um arqueologista submarino e um oficial da marinha. Tritão, o Scion favorito de Poseidon, faz papel de mensageiro para o deus nos dias atuais.

Seus Scions herdam o ódio do pai pela maneira como os oceanos são tratados. Muitos se tornam eco-terroristas e ambientalista que ocasionalmente tomam medidas extremas. Eles herdam o Carisma elevado e intimidador (Intimidar elevado) de Poseidon, asssim como sua resistência (Constituição elevada, Sobrevivência elevada). Os que não herdam o aspecto bélico e rancoroso do pai costumam seguir profissões onde interagem com animais marinhos de maneira freqüente (Conhecimento: Ciências biológicas, Nadar, Lidar com Animais, etc.). Eles desenvolvem a capacidade de controlar a água em suas diversas formas (Controle de Elemento: Água, Controle Ambiental, Controle Climático, Natação, etc.). Poseidon tem uma forte associação aos cavalos na mitologia e por isso seus filhos demonstram habilidades sobrenaturais relacionadas a esse animal (Controle de Animais, Imitação de Animais, Invocar Capanga, Metamorfose, etc., limitados a cavalos).

Zeus

O mais poderoso deus do panteão, Zeus é capaz de superar todos os outros deuses do Dodekatheon. O Matador de Titãs, o Rei dos Céus, Aquele que é Coroado por Relâmpagos, sua fama e onipotência são lendárias. Assim como sua falta de autocontrole e infidelidade.

Zeus é, provavelmente, o deus com mais Scions em todos os panteões. Ele é incapaz de controlar seu desejo por qualquer mulher que se sinta atraído, seja humana ou deusa (e dizem, até algumas Titãs antes da primeira guerra). E isso um dia será sua ruína, pois já foi determinado pelo Destino que ele será derrotado e deposto por um de seus filhos.

No nosso mundo ele já foi um senador, um prefeito e um presidente. Suas decisões sempre tem resultados épicos, mesmo quando erra. E ele não aceita que suas falhas sejam questionadas, especialmente quando elas provocam grandes desastres.

Zeus sente orgulho do Carisma e Força demonstrado por seus filhos e se irrita quando alguém questiona a facilidade com a qual eles demonstram insanidade ou provocam destruição. Seus Scions são bons líderes (Diplomacia, Intuir Intenção) e demonstram dom natural para a política (Conhecimento: Educação Cívica). A habilidade de descobrir a verdade (Leitura Mental, Super-Sentidos, etc.) e canalizar a ira de Zeus (Controle Elétrico, Proteção, Raio, etc.) também são comuns.

E aqui termina a parte dos deuses greco-romanos. Ficam faltando agora os deuses sul-americanos e japoneses do livro Scion: Hero e os deuses do Scion Companion. Vamos ver se consigo fazer pelo menos os sul-americanos e metade dos japoneses essa semana.

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. Anderson permalink
    08/10/2009 2:45 pm

    Oh, muito bom.

    Esse é o meu panteão preferido.

    Só preciso convercer alguns jogadores a testar essa adaptação.

Trackbacks

  1. Twitted by rpgvale

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: