Skip to content

Dragonlance 4e: Classes (Marciais, Primais, Psiônicas e Sombras)

19/10/2009

Continuando com explicações sobre o funcionamento das classes em Dragonlance, falando sobre organizações as quais podem pertencer e tipos de personagens comuns. Lembrando que são sugestões, além das que eu coloquei aqui existem sempre outras opções.

Classes Marciais

Das três ordens de cavalaria, as classes marciais melhor se encaixam como membros de cargos inferiores nos Cavaleiros de Solamnia ou Neraka ou em qualquer nível da Legião de Aço. Das três organizações, a Legião é a que possui a mente mais aberta e mais facilmente aceitaria ladinos ou rangers.

Além desses três grupos, muitos personagens marciais se unem as guardas de determinadas cidades e regiões. Considerando que o grupo vai começar no 11º nível é plausível que um personagem já faça parte da guarda pessoal de algum NPC importante ou das tropas de elite de algum exército.

E existe ainda a opção de mercenários. Eles são algo comum no mundo Dragonlance e vários personagens famosos já trabalharam como guerreiros de aluguel em algum momento da vida.

Classes Primais

Os poderes das classes primais podem ser simulados tanto com a adoração de um deus da natureza (Habbabuk, Chislev, etc.) como através do misticismo. É escolha do personagem qual seguir. Não existe alteração nas regras para isso.

Classes primais são especialmente adequadas para humanos nômades, permitindo simular comunidades que nunca se apegaram ao modo de vida civilizado. Bárbaros e Wardens podem representar os guerreiros da tribo, enquanto Druidas e Shaman representariam os guias espirituais.

Para raças não-humanas, essas classes também são úteis para representar personagens que por algum motivo se afastaram do resto de seu povo e seu modo de vida normal. Um elfo que passou meses escondido no território hostil de Qualinesti, por exemplo.

Psiônicas e Sombras

Monges são a única classe psiônica disponível em Dragonlance. Para fins de ambientação, eles não são realmente psiônicos mas seres que treinaram até alcançar um estado próximo da perfeição física e mental e assim desenvolvendo habilidades sobrenaturais. A única ordem conhecida de monges no cenário pertence ao deus Majere.

Monges poderiam surgir em outros locais, através de mestres solitários que viajam ensinando suas técnicas. É algo bastante oriental, então teríamos que ver se encaixa bem no cenário.

A única classe baseada no uso de sombras até agora são os Assassinos. Para descrição na campanha, eles podem tanto ser pessoas com algum conhecimento de magia divina ou arcana que a utilizam para assassinar seus alvos. Mecanicamente nada se altera, só muda a explicação.

Um assassino que usa magia arcana poderia ser alguém que nunca realizou o teste para entrar na Ordem e por isso ficou limitado a habilidades menores, concentradas no uso das sombras. Já um personagem que use magia divina poderia seguir algum deus neutro ou maligno ou servir como um ‘caçador de infiéis’ para uma religião bondosa.

Por enquanto é isso em classes. Vou ver o que mais precisa adaptar. Produção da campanha está andando, acredito que já tenho idéias pras 4 primeiras sessões, só preciso desenvolver e terminar de ler algumas coisas.

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. JOrge permalink
    19/10/2009 11:58 pm

    Os monges são seguidores do deus Majere? Majere também não é o sobrenome do Raistlin qto do Caramon?

  2. cesar/kimble permalink*
    20/10/2009 10:12 am

    Esse negócio do sobrenome é coincidência segundo os autores. Tipo alguém no nosso mundo ter nome ou sobrenome religioso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: