Skip to content

Mais de um personagem por jogador: Estruturando a campanha

28/10/2009

Estava lendo DL quando me veio a cabeça a idéia certa para começar a campanha e já fazer as quatro primeiras sessões. Também já me ajudou a perceber como posso fazer para lidar com o grupo de vários personagens de formas diferentes.

Não vou dizer o que acontece em cada sessão porque não vou estragar a surpresa dos jogadores. Mas dá pra mostrar como vou organizar as sessões.

Algo importante é que estou pensando na campanha como uma triologia de livros. Cada volume possui um certo número de sessões, usando uma distribuição de acontecimentos esperados nesse tipo de mídia (um momento inicial de abertura, o desenvolvimento com a parte mais interessante da história, um final que deixa um gancho para o próximo livro). Estou pensando em torno de quatro sessões por ‘livro’. Parece pouco, mas considerando que pretendo mestrar DL uma vez ao mês e vamos jogar uma ‘triologia’ isso significa um ano de jogo.

A primeira sessão vai ser um objetivo comum para unir todos os personagens. Já pensei em algo que dá um motivo e permite ganchos para todos. Essa sessão vai ser dividida em duas ‘tarefas’ que dependem uma da outra e tem que ser feitas em paralelo. Na primeira parte da sessão os jogadores vão jogar com os dois personagens, trocando entre eles de acordo com a situação (provavelmente vou colocar algo como ‘escolha no começo de cada cena com qual vocês irão jogar). Na segunda parte o grupo já se divide, para que cada equipe menor possa realizar uma das tarefas.

Eles podem tanto ser vitoriosos quanto fracassar. Eles se reúnem novamente e essa sessão chega ao fim. Aqui a campanha realmente começa, pois os personagens já vão conhecer uns aos outros e vão receber o objetivo principal desse ‘livro’. Para cumprir esse objetivo, eles novamente vão precisar se dividir, podendo decidir como organizar os grupos menores novamente.

As próximas duas a três sessões são os grupos lidando com as tarefas que receberam. Uma deles eu acredito que vamos realizar numa única sessão, o outro acredito que devemos levar duas sessões. Ao final, se tudo der certo, os personagens se reúnem novamente e encerram esse ‘livro’ deixando um gancho pro próximo.

Isso já me fez perceber que nessa campanha, além de sessões separadas para os grupos diferentes (algo que já tinha planejado antes) é possível realizar sessões onde os grupos se dividem para atingir objetivos ao mesmo tempo. A diferença disso para sessões separadas, além do fato dos jogadores conseguirem jogar com os seus dois personagens numa mesma sessão, é a possibilidade de simular o efeito narrativo comum de trocar o foco entre os grupos de forma contínua em situações de ação.

O grupo A inicia uma cena importante, com alto teor dramático ou emocional (aqui incluindo combates importantes ou a possibilidade de que algo ruim aconteça). A cena corta e passamos para o grupo B, com quem continuamos a jogar até chegar numa cena igualmente importante. Voltamos para o grupo A e resolvemos a cena deles.

Isso é bem no estilo dos romances de fantasia e cria expectativa, principalmente quando as duas situações são co-dependentes (como o grupo A lutando com um lich que não pode ser destruído até seu filactério quebrado e o grupo B lutando contra os servos que guardam esse objeto). Vamos ver se funciona em campanha.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: