Skip to content

Combate Social no World of Darkness

04/03/2010

Como estou me preparando pra começar a campanha de Requiem for Rome (se tudo der certo, começa essa sexta) eu estive relendo o livro e preparando alguns resumos de regras que preciso me lembrar. Percebi que é bom fazer isso também para as regras de debate do livro e como elas são interessantes, resolvi fazer isso aqui pra quem mais quiser ler como funcionam.

Primeiro a explicação sobre o que é um combate social pra quem não conhece. A idéia é que seja uma mecânica um pouco mais complexa de resolver situações sociais, como uma discussão entre dois personagens.

A resolução desse tipo de ocorrência na maioria dos sistemas se resume a uma série de jogadas iguais contra uma certa dificuldade até que um certo grau de sucesso seja alcançado. Seja superar o resultado final do adversário, conseguir um número de sucessos mais rapidamente ou tratar um dos participantes como agente passivo (normalmente o NPC na situação) que impõe um certo valor a ser superado. Ou seja, caí no ‘role essa parada de dados sem parar até conseguir X sucessos’.

Combates sociais tentam ser mais interessantes. Eles incluem elementos de estratégia e mais elementos mecânicos para ajudar a marcar a evolução dos sucessos e dar uma sensação de maior atividade na situação, fugindo assim das rolagens seguidas e iguais.

Vários sistemas já possuem isso hoje em dia. Exalted foi o primeiro onde pude ver o funcionamento de um sistema desses, o que é interessante considerando o quanto o combate físico é enfatizado no jogo. A 4e de D&D trouxe isso como uma das aplicações possíveis dos skill challenges. Já no WoD um sistema de combate social aparece no Requiem for Rome.

No RfR os combates sociais se limitam aos debates, mas é preciso entender que o conceito de ‘debate’ é mais amplo e mais comum na sociedade romana do que nos dias atuais. Mesmo discussões simples como dois amigos tentando mostrar quem é superior a outro numa determinada situação (como dois soldados discutindo quem é o mais habilidoso com uma espada) são um debate.

A capacidade de vencer um debate é algo muito valorizado na sociedade da época, sendo considerado essencial para qualquer um que queira conseguir respeito e status.

Abaixo vai então o resumo das regras. Elas são um pouco mais complexas do que vou colocar abaixo, mas isso vai servir como resumo nas minhas sessões e pro pessoal que possa estar interessado em conhecer mais sobre o Requiem for Rome. Qualquer dia eu comento ou faço uma resenha sobre o livro.

Natureza da Disputa

Cada tipo de debate possui um número alvo de sucesso a ser alcançado, que varia de acordo com os participantes envolvidos. No caso de um debate um-contra-um, o primeiro participante a conseguir o número de sucessos necessários vence o adversário.
No caso de três ou mais participantes com pontos de vista diferentes cada personagem precisa atacar os outros individualmente. Quando um personagem é superado por outro ele não abandona o debate. Em vez disso, ele não pode mais vencer o combate social mas pode atacar os participantes que não o tenham derrotado e tentar vencê-los (impedindo assim que eles possam vencer o debate). O último personagem que restar que não tenha sido vencido, ou seja, não tenha sido derrotado nos seus argumentos por qualquer outro personagem, é o vencedor.
Todo debate precisa de pelo menos um outro personagem como testemunha. Cada vez que todos os participantes de um debate fazem suas ações, se passa um turno do debate.

Existem três tipos de debates: pessoais, filosóficos e processual.

Debates pessoais são feitos quando os participantes estão tentando provar que um é superior ao outro. Como dois políticos discutindo quem é mais adequado para preencher um cargo ou dois pintores discutindo quem possui maior habilidade artística. O valor a ser alcançado para vencer um participante é igual ao seu maior Status (seja na Camarilla, clã ou facção) + sua Inteligência ou Presença (o que for maior).

Debates filosóficos são feitos quando os participantes querem provar que sua opinião sobre um tópico é verdadeira (e que não seja sobre eles mesmos). Como sacerdotes de um mesmo deus discutindo qual de dois rituais é o mais importante ou dois vampiros com opiniões diferentes sobre a origem dos Nosferatu discutindo se eles são, afinal, vampiros ou um tipo de verme. A maioria dos debates são filosóficos, pois não se referem ao valor dos participantes nem podem impor um novo curso de ação. O valor a ser alcançado para vencer um participante é igual ao seu maior Status + seu Raciocínio ou Manipulação (o que for maior) + 10.

Debates processuais são feitos quando é necessário escolher um curso de ação a ser tomado. Como dois senadores discutindo se devem ou não declarar guerra contra uma nação ou um bando de criminosos tentando decidir se devem ou não aceitar um serviço perigoso que foi oferecido. Eles só podem acontecer se a organização a ser afetada pelo debate permitir e apoiar o mesmo. Como as discussões no Senado ou no Senex. O valor a ser alcançado para vencer um participante é igual ao seu maior Status + Inteligência ou Manipulação (o que for maior).

Integridade
Integridade funciona como a defesa num combate comum. É igual ao Raciocínio ou Autocontrole (o que for menor) e é subtraído de todas as jogadas de dados feitas por outros participantes que tentem atacar o personagem durante o combate social. Assim como num combate físico com a defesa, ataques sucessivos enfraquecem a Integridade. Cada ataque depois do primeiro recebido num turno reduz a Integridade em 1, até um valor máximo de ‘0’ (zero).
É possível gastar um ponto de força de vontade para aumentar o valor de Integridade em 2 contra UM ataque.

Ganhos e perdas

Um personagem que perca um combate social, a não ser que esteja num debate amistoso com poucas pessoas, normalmente perde um ou mais pontos de Status. O vencedor pode ganhar um ponto de Status, se foi suficientemente bem nas suas colocações e conseguiu demonstrar sua superioridade.

Os personagens envolvidos num debate podem, no início deste, declarar que desejam arriscar mais nele. Isso é uma forma de demonstrar certeza na sua opinião e reforçar isso para os outros, o que aumenta a dificuldade do participante em ser derrotado.
Cada ponto de Recursos, Refúgio, Rebanho ou Servidor aumenta em 2 o número de sucessos necessários para vencer o personagem.
Aceitar a formação de um Vinculum ou a Morte Final aumenta em 10 o número de sucessos necessários para vencer o personagem.
Originalmente havia também a opção de colocar em risco todas as posses pessoais, mas não faz muito sentido para personagens-jogadores (pra isso existe a aposta dos pontos de méritos) e vou limitar essa opção aos NPCs. Isso aumenta o número de sucessos necessários em 5.

Depois que essas ‘apostas’ são feitas, elas não podem ser retiradas. Personagens na audiência também podem apostar, aumentando o número de sucessos para vencer um vampiro como se o debatedor tivesse feito a aposta.

Técnicas

Assim como num combate comum existem várias opções de ataque (Armamento, Armas de Fogo, Briga, etc.) existem formas diferentes de atacar alguém num debate. Elas são sempre baseadas num determinado atributo (que depende da técnica de debate utilizada) e uma habilidade (que depende do argumento utilizado naquele turno).

Na Lógica Agressiva o debatedor tenta demonstrar a superioridade lógica de sua argumentação e as falhas no argumento do oponente. A postura é de confiança, calma e racionalidade. O personagem usa uma parada de dados formada por Inteligência + habilidade mais adequada. Ele recebe um bônus de +2 no número de sucessos necessários para derrotá-lo se usar desse estilo junto a uma platéia de intelectuais e pessoas cultas. Ele recebe uma penalidade de -2 se a maior parte da platéia for formada por pessoas incultas.

Na Mudança de Sentido o debatedor tenta distorcer as palavras do adversário enquanto tenta utilizar de argumentos que não possam ser questionados. A postura enfatiza os pontos principais do debatedor, usando expressões e gestos para demonstrar o valor ou as falhas num argumento e sendo melhor utilizada em discussões informais. O personagem usa uma parada de dados formada por Raciocínio + habilidade mais adequada. Ele recebe um bônus de +2 no número de sucessos necessários para derrotá-lo se usar desse estilo junto a uma platéia que esteja relaxada ou não considere o debate de grande importância. Ele recebe uma penalidade de -2 se a platéia for na sua maioria formada por pessoas sérias ou que considerem o debate importante.

No Apelo à Audiência o debatedor tenta demonstrar a superioridade de sua pessoa, em vez de vencer o argumento do oponente. A postura enfatiza o valor e as atitudes do debatedor, com gestos e expressões que tentam ganhar a atenção e o apoio da platéia. O personagem usa uma parada de dados formada por Presença + habilidade mais adequada. Ele recebe um bônus de +2 no número de sucessos necessários para derrotá-lo se usar desse estilo com uma platéia que se identifique com o debatedor, como ter na sua maioria membros da mesma facção ou clã. Ele recebe uma penalidade de -2 se a platéia for formada por pessoas que não se identifiquem com o debatedor.

No Apelo à Emoção o personagem tenta despertar as emoções da platéia para vencer. Ridicularizando, desprezando ou de alguma outra forma tentando derrotar os argumentos do oponente usando de apelos emocionais em vez de argumentos lógicos. A postura é teatral e exagerada, interpretando os sentimentos do debatedor de forma que fiquem claros para toda a audiência. O personagem usa uma parada de dados formada por Manipulação + habilidade mais adequada. Ele recebe um bônus de +2 no número de sucessos necessários para derrotá-lo se usar desse estilo com uma platéia formada por mais de 15 pessoas (ele funciona melhor com uma grande quantidade de expectadores). Ele recebe uma penalidade de -2 se a platéia for formada por menos de 15 pessoas.

É possível mudar de técnica durante um debate social. No caso, os oponentes ganham um bônus de +5 no número de sucessos necessários para derrotá-los e o personagem substitui quaisquer bônus e penalidades que tenha recebido por sua técnica anterior pelos correspondentes na técnica nova.

Modificadores e manobras gerais:

A maior parte da platéia apoia o debatedor: +3 no número de sucessos necessários para derrotá-lo.

A maior parte da platéia está assustada ou com pressa: -3 no número de sucessos necessários para que os debatedores sejam derrotados.

A platéia considera o assunto do debate importante: +5 no número de sucessos necessários para que os debatedores sejam derrotados.

A platéia considera o assunto do debate frívolo: -2 no número de sucessos necessários para que os debatedores sejam derrotados.

A maior parte da platéia é formada por humanos: penalidade de – (10 – Humanidade do vampiro participante do debate) no número de sucessos necessários para que o vampiro debatendo seja derrotado.

Argumento defensivo: O personagem dobra sua Integridade nesse turno. O personagem não pode atacar os outros ou fazer qualquer ação que necessite rolar dados. Pode ser declarado antes de sua ação no turno. Ele passa o turno todo se dedicando somente a se defender dos ataques que receber.

Ataque humilhante: O personagem recebe mais três dados nos seus ataques neste turno, mas sua Integridade é reduzida a ‘0’ (zero) até o final do turno. No turno seguinte ela volta a seu valor normal menos um (Integridade -1). Ataques humilhantes consecutivos acumulam suas penalidades (ou seja, o personagem pode chegar a Integridade zero dessa forma). O personagem não pode utilizar de Ataque Humilhante se sua Integridade já estiver em ‘0’ (zero) ou se ele já sofreu um ataque neste turno. Nesta manobra ele usa algum argumento ofensivo e claramente desleal para tentar vencer o oponente, o que pode ser efetivo se usado com cuidado.

Frustrado: Se o personagem passar três turnos atacando e não conseguir um único sucesso, ele fica frustrado. O personagem deve realizar um teste de frenesi para evitar que ataque os outros debatedores. No turno onde realiza o teste para resistir ao frenesi o personagem recebe também uma penalidade de -2 nos ataques sociais. Entrar em frenesi e atacar fisicamente os oponentes num debate provoca derrota automática na discussão.

Tem mais alguns fatores, como méritos que permitem mais manobras e a possibilidade da ajuda de personagens na platéia mas não vou entrar nisso agora porque é desnecessário. Esse é o básico e quando estivermos bem acostumados com o sistema eu passo a utilizar as coisas mais avançadas.

Anúncios
9 Comentários leave one →
  1. Virtual Adept permalink
    04/03/2010 2:06 pm

    Se inspirou nas regras de conflito do M&M?

    • 04/03/2010 2:10 pm

      Na verdade essas são regras do suplemento oficial Requiem for Rome, um livro dedicado ao uso dos vampiros de Vampiro: O Requiem na época do Império Romano.
      Mas é, tem uma semelhança entre os sistemas. E não duvido que seja fácil tirar um modelo padrão dessas regras de debate e criar um sistema geral de combates sociais pra WoD.

  2. Felipe permalink
    20/07/2010 6:22 pm

    Acredito que ficaria mais interessante se tivesse o conceito de DIAGRAMA ou PARAS MENTAIS ou neurológicos, para fazer uma MOVIMENTAÇÃO ARGUMENTATIVA. tem ke ver o tipo de PLATÉIA, o carisma do cara, a manipulação + raciocinio, fazendo parada de dados etc.
    .
    é como se fosse um jogo de futebol na qual a platéia é a bola. eu to tentando montar um eskema destes, um jogo de debate, seja por tabuleiro, seja por rpg, desde o começo deste ano.

    • Felipe permalink
      20/07/2010 6:23 pm

      ops corrigindo, em vez de PARAS MENTAIS eu kis dizer MAPAS MENTAIS

  3. felipe permalink
    31/07/2010 3:35 pm

    Tem mais regras de combate social em outros RPGs?

    • 31/07/2010 5:50 pm

      Diversos. A 4e tem os desafios de perícias, M&M tem um sistema de resolução no Mecha & Manga que pode ser usado pra isso também, Exalted traz isso nas regras básicas, etc.
      É aquele tipo de mecânica que o pessoal daqui não conhece só pq os rpgs que as trazem raramente chegam nas nossas terras.

      • felipe permalink
        13/09/2010 1:59 am

        certo, pode me falar as regras de um combate social mais complexo? talvez até mesmo a transcrisço dest regra em específico^^

  4. 13/09/2010 3:12 am

    Cara, o básico do RfR é o que escrevi ali em cima. Não posso me aprofundar muito até por uma questão de não desrespeitar o trabalho dos autores disponibilizando algo que não deveria ser de graça.
    Idem para os outros livros.

Trackbacks

  1. Combate Social

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: