Skip to content

Regras de quebrar armas em Dark Sun e a volta dos ‘kits’

01/06/2010

Com essa segunda fase dos D&D Encounters acontecendo no cenário de Dark Sun, algumas regras da nova adaptação do cenário estão escapando. Já coloquei aqui a indicação para o RPG Planet com as fichas dos personagens prontos. Agora saíram as regras para quebrar armas no Dungeon´s Master.com.

Explicando, em DS é comum que os personagens tenham que usar materiais alternativos para suas armas porque metal é algo raro. Osso, pedra, etc., são substitutos comuns. Como esses materiais são mais frágeis que metal, essas armas podem quebrar.

As regras ficaram simples: quando alguém tira um ‘1’ numa jogada de ataque, existe uma chance da arma quebrar. Nesses casos, o jogador pode escolher rolar o ataque novamente. Independente do resultado, a arma quebra. Armas de metal só quebram com um resultado de 5 ou menos na segunda rolagem.

Ou seja, o jogador escolhe se quer quebrar a arma ou não. Se ele quiser, pode sacrificar sua arma para jogar novamente o ataque. Se não quiser, ele não rola e preserva a arma.

A regra é boa para campanhas que usam a mecânica de bônus inerente do DMG2 e que deve ser padrão em Dark Sun. Resumindo para quem não tem o livro, em vez de usar itens mágicos, essas regras dão bônus automático para os personagens em certos níveis para compensar a falta dos bônus mágicos que receberiam normalmente. Com essa regra perder uma espada ou armadura não causa mais do que um problema momentâneo, já que basta encontrar outra arma igual. Se fosse uma arma mágica, aí duvido que a maioria dos jogadores iria escolher quebrar a arma.

Também voltaram as regras dos ‘kits’ como na época do Ad&d. Para quem não conhece, kits serviam como um template a ser adicionado aos personagens e davam algumas novas habilidades. Na época, tinha kit pra tudo que é conceito. Pirata, samurai, etc.

A adaptação de DS vai trazer algo muito similar, mas chamado de tema. Já tinha comentado aqui meses atrás, inclusive que ela lembrava muito a mecânica de kits pelo que já havia sido dito. Pelo jeito vão ser os ‘kits da 4e’ mesmo. Você escolhe um tema, como gladiador ou templar, e ganha algum benefício (poder) com isso. As fichas dos personagens prontos dessa fase do Encounters já trazem alguns deles, devem existir outros nos livros.

Até agora estou gostando da adaptação. Tomara que continuem com idéias interessantes, estou querendo muito mestrar em DS e estou torcendo para que essa nova versão fique boa.

Anúncios
One Comment leave one →
  1. 06/06/2010 10:45 pm

    Adorei esse regra que ficou bem adaptada ao conceito do cenário e sem frustações para os jogadores. Não sou um grande fã de Dark Sun, mas tenho curiosidade de ver essas regras de adaptação ao cenário que ele irá trazer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: