Skip to content

Sobre WoD, a indústria de RPG e o futuro MMO

08/06/2010

Saiu uma entrevista com Eddy Webb no fórum Dark Providence (link). Ele trabalha para a White Wolf no desenvolvimento de material e é responsável pela área de ‘publicação alternativa’ (pdfs principalmente) e o blogcast da empresa.

Com a proximidade da Gen Con e a White Wolf parecer estar guardando algum grande anúncio para o evento (MMO cada vez mais provável), ele acaba não podendo comentar sobre os próximos lançamentos, mas explica algumas coisas sobre a indústria, boatos sobre o fim da WW e faz comentários sobre livros e linhas da editora.

A entrevista é simples e eles perdem muito tempo discutindo assuntos menores ou trocando elogios, então vou passar um resumo do principal.

Nenhum novo livro de Changeling tão cedo. Como ele comenta, a linha acabou recebendo dois livros além do previsto e agora eles não pretendem lançar algo novo por enquanto.

A probabilidade de fazer um novo Dark Ages é baixa. Eles devem continuar fazendo livros sobre períodos históricos que consideram interessantes (como o livrinho dos anos 80 ou o Requiem for Rome), só que eles devem evitar épocas que já visitaram nos livros do antigo WoD.

Alguns anos atrás, um autor da Wizards reclamou que a empresa havia determinado que livros com muita descrição e pouca mecânica não vendiam bem. Já faz algum tempo e foi esse evento que iniciou o uso dos termos ‘fluff’ para se referir a parte descritiva de um texto e ‘crunch’ para se referir as partes mecânicas, as regras.

Aparentemente na WW é o contrário. Foi comentado com o Webb que livros excessivamente mecânicos não vendem bem, que os jogadores preferem livros com mais descrição. Faz sentido. A WW tem livros com ótimos conceitos, só que muitos são bons de ler e ruins de jogar. Ainda estou pra conseguir fazer uma campanha de WW onde eu não tenha que colocar algumas house rules.

E num certo ponto, ele fala sobre a indústria de RPG. Como ele (e outras pessoas/empresas de sucesso no ramo afirmam), o RPG não está morrendo. O que está acontecendo é uma mudança no mercado. As empresas do setor (e aqui ele não se limita ao RPG, mas ao mercado editorial como um todo) estão tendo que se adaptar a essas mudanças. Isso está matando o modelo antigo de publicação, enquanto abre espaço para novas idéias e novas formas de disponibilizar o material. No caso da White Wolf, eles tem diminuído o ritmo de publicações e se dedicado a produzir material de mais qualidade, além de investir na produção de material em pdf.

Ou, como o Webb exemplifica, desde 2004 ele houve histórias sobre como a WW está mal das pernas e prestes a acabar. E mesmo com todas essas teorias, eles ainda estão por aqui.

O resto da entrevista vai ser divertida pra quem é fã dos produtos da WW, porque ele faz vários pequenos comentários sobre a editora.

Aproveitando para incluir outra notícia, já faz algum tempo que a CCP andou divulgando alguns vídeos onde mostram testes de material que estão desenvolvendo para seus MMOs. Segundo boatos, eles estariam usando a mesma tecnologia tanto em EVE quanto no novo MMO de WoD para fazer a animação dos personagens. O que faz sentido, considerando isso aqui (link).

One Comment leave one →
  1. Arquimago permalink
    08/06/2010 5:40 pm

    Eu gostaria de um MMO da WW. Mas acho que notícias e agitação só mesmo depois da Gen Con

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: