Skip to content

Shadowrun (parte I): Magia e Raças

21/06/2010
tags: ,

Já que estou querendo mestrar algumas sessões de Shadowrun 4e pra testar o jogo, resolvi fazer um resumo de coisas importantes pra campanha.

Conversando com gente do grupo e pessoas conhecidas, notei que a visão de Shadowrun que eles têm costuma ser a da segunda edição, ou seja, quase 20 anos atrás. Eu nunca joguei a 2e, mas pelas explicações que me deram consegui notar várias diferenças. Vou tentar então repassar os elementos principais do cenário e espero que quem só jogou a edição antiga consiga perceber as diferenças na nova.

Para facilitar a organização vou quebrar essas informações em várias posts.

O cenário é cyberpunk (Blade Runner, Ghost in the Shell, etc.) onde a magia foi redescoberta. Ela surgiu no mundo décadas atrás, trazendo consigo uma série de alterações importantes

A existência dela é algo conhecido e aceito pela população, assim como a presença de pessoas que a dominam. A mídia possui diversos filmes, seriados e todo tipo de entretenimento onde usuários de magia são representados (de forma exagerada e cinematográfica). Mesmo assim, a maioria das pessoas nunca viu um mago real ao vivo.

Outra alteração importante foi a forma que ela afetou a população humana. Humanos começaram a nascer ou se transformar em seres humanóides que lembravam criaturas míticas. Devido a semelhança, a população apelidou esses seres com os nomes correspondentes. Assim surgiram os elfos, anões, trolls e orcs de Shadowrun.

Hoje eles são aceitos como parte da população, apesar de ainda existir preconceito. Ele não é mais agressivo e com potencial a violência como aconteceu nas primeiras décadas. Agora ele existe na forma de preconceito velado, na forma de expectativas e atitudes contra certos grupos. Trolls tem dificuldades em conseguir empregos que sejam considerados de maior demanda intelectual, por exemplo, porque eles ainda são vistos como lentos e ignorantes.

Os anões foram os mais rapidamente aceitos na sociedade. Costumam ser vistos como confiáveis, habilidosos, inovadores e éticos profissionalmente. O fato de muitas grandes corporações empregarem anões também foi importantes na sua aceitação. Entretanto, eles vivem num mundo construído para seres maiores e muitas vezes são tratados de forma infantil ou condescendente devido ao seu tamanho.

Os orcs são vistos como seres violentos e de mente simples, sem cultura. O forte preconceito que receberam inicialmente fez com que eles escolhessem viver em grandes grupos familiares, formando novas comunidades nos locais mais pobres. Com a maior aceitação dos metahumanos essa situação tem começado a mudar.

Os trolls são os mais estranhos entre todos os metahumanos. Enquanto os outros metahumanos possuem diferenças físicas pequenas que permitem que eles tentem se disfarçar como humanos, membros dessa etnia costumam possuir dois metros e meio de altura, pesar mais de trezentos quilos e ter chifres. Boa sorte em esconder isso.

Enquanto os orcs se concentram nas partes mais pobres das grandes cidades, os trolls preferem viver em locais isolados. Isso porquê entre todos os metahumanos eles são os que sofrem mais com o preconceito, pois ainda são vistos como seres ignorantes e perigosos.

Por fim, os elfos costumam ser mais bonitos que o ser humano comum e considerados exóticos. Os humanos comuns consideram os elfos seres manipuladores, habilidosos em mentir e disfarçar suas verdadeiras intenções. Existem muitas teorias conspiratórias sobre como os elfos possuem uma grande organização mundial que influencia as decisões das nações. Além dessa desconfiança, eles são vistos como mais fracos e delicados.

Termino aqui a parte da magia, próxima sobre as redes e a tecnologia no novo Shadowrun.

4 Comentários leave one →
  1. Denommus permalink
    21/06/2010 7:21 pm

    Por enquanto, a diferença maior é que o preconceito não é mais tão violento quanto na 2ª Edição.

    Mas a ambientação ainda parece essencialmente a mesma.

    • cesar/kimble permalink*
      21/06/2010 7:38 pm

      Uhum, a base é a mesma. Acho que as maiores mudanças vão estar no sistema e a forma como funciona a rede de computadores.

  2. Arquimago permalink
    21/06/2010 7:45 pm

    Não conhecia a segunda também, só de falar. Um coisa que eu não tenho certeza, as mudanças são apenas fisicas ou mudam cultura, e intecto como o dos seres de fantasia?

    Ou acabou sendo parecido porque é o comportamento esperado pela socieade e tais seres acabaram seguindo o mesmo?

    Sabe você colocou esse post e Lembrei o Projeto Secreto da Devir, seria um retomada do tema?

    Vou mandar um e-mail só de sorte… quem sabe…

    • cesar/kimble permalink*
      21/06/2010 8:04 pm

      A cultura muda um pouco, fica próximo do que você esperaria delas num mundo medieval. Elfos continuam isolacionistas e se achando superiores, orcs costumam ser mais violentos, anões são mais estáveis. Os designers fizeram de forma a ter algumas coisas novas (os elfos são mais sacanas que o esperado, por exemplo), mas ser suficientemente próximo do que seria esperado delas se isso fosse um cenário medieval fantástico.
      E boa sorte no Top Secret🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: