Skip to content

Novo modelo para classes de D&D e Essentials

06/07/2010

Todo mês a Wizards faz alguns previews em seu site dos futuros lançamentos. Livros de menor importância recebem um ou dois previews e os de maior importância recebem uma série que dura o mês todo, até o lançamento oficial do produto.

Esse mês os previews principais vão ser para a linha Essentials, a linha voltada para iniciantes na 4e. Aproveitando a oportunidade, Mike Mearls resolveu esclarecer mais sobre a Essentials.

Como eu tinha comentado meses atrás, a idéia da Essentials realmente é atrair mais iniciantes oferecendo um modelo de jogo mais simples, mas que não deixe de ser 4e. O material dos livros e kits vão servir para ajudar os jogadores que nunca experimentaram D&D a conhecerem o jogo e trazer alguma coisa para os jogadores antigos também.

A caixa vermelha inicial traz as quatro raças (humano, anão, elfo, halfling) e classes (clérigo, guerreiro, mago, ladrão) clássicas. Ela traz material suficiente para os dois primeiros níveis, além de mapas, marcadores e dados.

Cada kit e livro que os jogadores comprarem além do básico inclui mais material para ser usado em conjunto. O Rules Compendium, por exemplo, traz os níveis 1 ao 30 das classes básicas, além das regras básicas (e já com erratas) do jogo. Os três kits de Dungeon Tiles que serão lançados na linha tratam dos três ambientes mais comuns para campanha, permitindo criar mapas para dungeons, cidades e florestas.

Até aqui não há nenhuma surpresa. Para o pessoal que já é jogador, os produtos mais interessantes nessa nova linha são os Dungeon Tiles e o Rules Compendium.

O RC porque ele traz as regras com as erratas incluídas, o que facilita a vida para quem não tem assinatura no Insider e um laptop para manter na mesa de jogo para buscar regras rapidamente no Compendium. É bem possível que eu compre esse, depende da qualidade final do livro (organização, clareza, etc.).

Os Dungeon Tiles é o que, acredito, mais vai vender dessa nova linha. Isso porquê os três sets a serem lançados parecem trazer material de sets antigos, que já não são mais vendidos. Como a maioria dos jogadores prefere comprar pelo menos duas cópias de cada set, os DTs tem vendido muito bem nessa edição (basta ver o preço exorbitante que alguns exemplares antigos e fora de catálogo alcançam, às vezes até 10x acima do preço original) e eles são úteis tanto para iniciantes quanto para jogadores antigos, é bem provável que eles vendam muito bem. Eles já são uma compra certa na minha próxima lista da Amazon.

Continuando, o Mearls se esforça para deixar claro que isso NÃO é uma 4.5e. Isso não é uma nova edição do jogo. É o mesmo D&D que todo mundo tem jogado, só que com algumas alterações para facilitar a vida dos iniciantes.

Finalmente, as surpresas. Nesse anúncio ele faz duas. Vou começar com a mais simples.

Os poderes de encontros dos magos vão tomar uma errata para incluir efeitos no caso de falha. Bom para os jogadores de magos, vão ganhar alguma coisinha para ajudar seu lado controler.

A segunda é de maior impacto. Durante o processo de desenvolvimento do Essentials foi percebido que eles precisavam diminuir a complexidade das classes. Ao mesmo tempo, com o lançamento do Player´s Handbook 3 e a diferença na forma como as classes do livro tratam seus poderes de encontro (os psiônicos em geral), os designers perceberam que podiam sair do modelo de poderes at-will/encontro/diários.

Dessa forma, foi decidido que as classes disponíveis na linha Essentials teriam funcionamento similar as classes da linha normal, mas não exatamente igual. A idéia é retirar os poderes diários e simplificar os poderes por encontro, fazendo com que elas mantenham um funcionamento próximo da linha para jogadores ‘avançados’.

Não foi muito bem explicado como vão ser essas alterações e quão diferentes vão ficar as classes. Imagino que o que vai ser feito é uma diminuição nos poderes que tenham muitos gatilhos (como muitos poderes do Avenger, por exemplo) e simplificação no controle das condições (como os poderes dos Magos).

Isso não significa que a forma como as classes funcionam na 4e vão mudar. Guerreiros, Avengers, Magos, tudo isso continua igual. Só que os modelos disponíveis para iniciantes, que virão na linha Essentials, serão mais simples de jogar. Quem já joga a linha ‘avançada’ pode usar desses modelos se quiser (um modelo mais simples e funcional para os Avengers seria ótimo, por exemplo).

Imagino que na prática elas vão funcionar como builds alternativos. Para quem não leu nada além dos três livros básicos do D&D, os suplementos tem trazidos novos builds para classes, substituindo habilidades de classes por novas opções. Os guerreiros já receberam um novo build que permite um combate com duas armas mais eficiente. Os paladinos receberam um novo tipo de marca. Esses builds podem ser usado no lugar daqueles já presentes no básico, aumentando o número de opções para os jogadores. Acredito que vai ser assim que essas versões simplificadas vão ser encaradas pelos jogadores antigos.

Nos próximos previews mais material vai ser divulgado, explicando melhor como isso vai ser feito. Aparentemente a idéia continua o que todo mundo pensava, a linha é focada em iniciantes mas não esquece dos jogadores já existentes, trazendo algum material para eles.

Sexta deve sair o preview do Clérigo, o que já vai permitir entender como a simplificação vai ser feita. Logo que sair, comento o que notar de mais importante.

Link para o artigo original do Mearls.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: